,

Entenda as diferenças entre as impressões Offset e Digital

Existem diversos tipos de impressões e variadas técnicas que são usadas no processo, entre elas estão a digital, Offset, serigrafia, flexografia, plotagem, e etc. Há as tiragens pequenas, grandes, em centímetros ou metros, qualidade mais elevada, prazos de entregas diferentes… enfim, existe sempre um tipo de impressão para cada necessidade dos clientes. Por isso que é necessário, já durante a elaboração do projeto gráfico, especificar o sistema de impressão que deverá ser utilizado. Os dois processos de impressão mais utilizados no Brasil e no mundo, atualmente, são o Offset e o Digital.

O Offset, um dos mais tracionais, se baseia na repulsão natural entre a tinta e a água. Já o sistema de impressão Digital é mais moderno e veloz meio de imprimir porque o processo de produção da imagem já vai direto do computador para a impressora. Cada processo possui suas vantagens e desvantagens, por isso é importante conhece-los para escolher o mais apropriado para os seus objetivos. Confira a seguir um breve comparativo entre eles.


Impressão Offset

Esse sistema é um processo planográfico que surgiu na segunda metade do século XX. O nome (que significa fora do lugar) representa o fato da impressão ser indireta, ou seja, passar por um intermediário antes de chegar ao papel. Nela são utilizadas tintas à base de óleo, matiz de chapa de alumínio para reprodução, e são impressas em todos os tipos de substratos, necessitando de um tempo para a secagem. As cores CMYK são impressas de uma por uma, formando as ilustrações por pigmentação das cores. Esse é o tipo de impressão mais comum no universo gráfico.

Onde é aplicado?

Panfletos, cartões de visita, revistas, jornais, bloco de anotações, e etc.

 

Impressão Digital

Esse é um método no qual a imagem é formada a partir da entrada de informações digitais passadas direto do computador para a impressora de produção. Uma de suas vantagens é que possibilita atender pequenas tiragens. Durante o processo, não é necessário qualquer tipo de matriz para transferência desses dados. A partir da década de 90 que se iniciou esse tipo de impressão, como uma forma de evolução da impressão tradicional para a digital.

Onde é aplicado?

Cartões de fidelidade, cardápios, adesivos personalizados, folhas, convites, rótulos, imãs de geladeira, ingressos, e etc.

Entendeu melhor como funciona cada tipo de impressão? Já sabe qual a que melhor poderá atender os seus objetivos? Pois venha conhecer a Gráfica Prints e ofereceremos os melhores serviços relacionados a impressão para você!

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *